AED Cluster Portugal contribui para o Plano de Recuperação nacional

9 Março 2021

O Plano de Recuperação e Resiliência esteve até 1 de Março em Consulta Pública e a AED fez chegar o seu contributo para a mitigação do impacto económico nos setores da Aeronáutica, Espaço e Defesa.

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência Nacional (PRR), a AED Cluster Portugal apresentou um conjunto de programas para a inclusão das indústrias que representa neste documento estratégico, onde se indicam as reformas estruturais fundamentais para assegurar a saída da crise pandémica e garantir um futuro resiliente para Portugal.

Os programas apresentados pela AED enquadram-se no âmbito dos componentes identificados no PRR: Investimento & Inovação; Qualificações & Competências; Infraestruturas; Mobilidade Sustentável; Descarbonização da Indústria; Hidrogénio e Renováveis; e Empresas 4.0.

As propostas patentes neste contributo do Cluster (consultar documento aqui) pretendem capitalizar iniciativas já a decorrer ou lançar novas ações que promovam a subida nas cadeias de valor das empresas portuguesas nos mercados internacionais, trazendo um elevado retorno económico ao país e contribuindo ativamente para um melhor posicionamento industrial de Portugal no mundo.

Neste sentido, o Cluster delineou um conjunto de programas abrangentes e ambiciosos, a serem lançados neste Plano de Recuperação. Damos a conhecer alguns dos pontos de cada um:

PROGRAMA STEPUP4AERO

  • Propõe a capitalização de todo o investimento e aposta feita na indústria da Aeronáutica nacional até ao momento, com o objetivo de manter o capital (humano e não-humano) e evitando que se perca o foco nacional num setor de alto valor acrescentado e dedicado à exportação na sua quase totalidade.
  • Investimento em iniciativas estruturantes já em fase adiantada de desenvolvimento, como é o caso do programa ATL-100 e outras iniciativas que possam surgir, que permitam a obtenção de resultados de curto prazo, capazes de envolver grande parte do ecossistema nacional em torno de objetivos comuns.

PROGRAMA STEPUP4UAV

  • Propõe o aproveitamento do novo paradigma dos UAVs (Veículos Aéreos Não Tripulados) e da Mobilidade Aérea Urbana, de forma a posicionar estrategicamente a indústria nacional nestas cadeias de valor emergentes. No caso do mercado civil de UAVs, este encontra-se a crescer significativamente: com um volume global de cerca de 4,5MM€ em 2019, prevendo-se a duplicação em 2025. Particularmente para o segmento de transporte de passageiros, estima-se que haverá até 160.000 táxis aéreos comerciais no ar até 2050. A indústria de passageiros da Mobilidade Aérea Urbana irá então gerar receitas de quase 75MM€ por ano.
  • Neste âmbito, o cluster AED já está especificamente a trabalhar no desenvolvimento de competências e criação de produtos e serviços para o setor de transporte de passageiros, principalmente através do projeto mobilizador FLY.PT atualmente em fase de implementação.

PROGRAMA STEPUP4SPACE

  • Propõe fechar um ciclo de investimento e apostar na competitividade da indústria Espacial nacional. Esta já tem vindo a ser trabalhada através da capitalização de recurso humanos e infraestruturas resultantes da participação de Portugal na ESA, desde 2000; da criação da Agência Espacial Portuguesa e de uma estratégia Espaço 2030; e da alavancagem das diversas iniciativas Nacionais já em curso.
  • Considerando que no setor Espacial mundial existe uma crescente corrida de acesso e utilização do Espaço, baseada em novos modelos de negócio, tecnologias mais acessíveis, novos atores geográficos e um alargamento exponencial do leque de aplicações de informação via satélite, torna-se importante cobrar os dividendos da aposta e investimento de Portugal já realizados na ESA e entrar de forma competitiva nestas cadeias de fornecimento de elevado valor acrescentado e de exportação, garantindo-se também um posicionamento na linha da frente do chamado New Space.

PROGRAMA STEPUP4DEFENCE

  • Propõe reforçar as capacidades e competências da economia de defesa portuguesa e posicionar estrategicamente a indústria nacional neste setor que tem vindo a ser um foco de atenção, com o recém-aprovado Fundo Europeu da Defesa (EDF), de 7,95MM€, mecanismo que irá dinamizar uma maior cooperação na área da Defesa entre os vários países da UE.
  • Neste contexto dá-se particular interesse ao setor Naval, através da extensão da Plataforma continental, que exigirá a Portugal abordagens inteligentes e diferenciadoras na sua capacidade de controlo, vigilância e defesa, utilizando-a como plataforma inovadora para promover novas soluções tecnológicas no domínio marítimo, convencionais e não-convencionais.

Em comunicado oficial da AED Cluster Portugal, o Presidente do Conselho de Administração, José Neves, conclui:

“Face a todos estes desafios que propomos, estamos inteiramente disponíveis para colaborar na operacionalização do Plano de Recuperação e Resiliência para que cumpra de forma eficiente as necessidades dos setores, tornando-se num motor crucial para a criação de valor acrescentado e para a retoma económica”.

Relacionadas 7

Drag
Definições de Cookies

A AED Cluster Portugal pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.